Destaque

Solidariedade ganha peso em período de pandemia. Saiba como ajudar

Considerando as imensas desigualdades sociais existentes no Brasil, os riscos que a pandemia do Covid-19 representa vão bem além de seu impacto sobre a saúde pública. Existe no momento muita preocupação quanto aos danos imediatos da paralisação das atividades econômicas sobre a população mais vulnerável, sejam os trabalhadores informais, os desempregados, os moradores de rua e outros grupos. E assim vemos em Goiás diversos movimentos se organizarem para dar apoio a essas pessoas.

O CAU/GO identificou algumas das iniciativas que vêm sendo desenvolvidas em Goiânia e outros municípios do Estado. Veja abaixo mais informações e sabia como apoiá-los.

*UFG SOLIDÁRIA
A Universidade Federal de Goiás criou uma Comissão Gestora da Ação UFG Solidária, que envolve professores e servidores das Faculdades de Nutrição, Enfermagem, História e Artes Visuais, que trabalham na montagem de kits com EPI e confecção de jalecos e máscaras para profissionais de saúde, e na arrecadação de doações para compra de cestas básicas para atender grupos já assistidos pelos projetos de extensão universitária da instituição.

Segundo a pró-reitora de Extensão e Cultura da UFG, professora Lucilene Maria de Sousa, as entregas devem ter início ainda nesta semana. De acordo com a coordenadora da Comissão Gestora, professora Karlla Caetano, os professores e colaboradores envolvidos no trabalho já somam cerca de 50. “Até sexta-feira, iremos entregar 593 cestas básicas de alimentação, para catadores de material reciclável, refugiados e imigrantes, integrantes da população LGBT e moradores de rua”.

É possível doar através de transferência bancária ou depósito identificado:
Banco do Brasil, agência 1242-4, conta corrente 47789-3
CNPJ: 01.517.750/0001-06
Razão social: Fundação Rádio e Televisão Educativa e Cultural – RTVE

Mais informações: Karlla Caetano, 62-98100-1396

 

*SOLIDARIZA GOIÂNIA
A iniciativa já atua em 10 frentes, por meio dos grupos divididos de acordo com a região de Goiânia ou de Aparecida em que fará a entrega das cestas básicas. Segundo Fabrício Rosa, policial rodoviário federal à frente da ação, cada grupo é coordenado por uma liderança local já envolvida em trabalhos sociais. O Solidariza Goiânia possibilita que os interessados em apoiar preencham um formulário oferecendo ajuda – para doar alimentos, ir à farmácia, buscar ou entregar as cestas, entre diversas outras possibilidades – e outro formulário, oferecendo apoio financeiro. A planilha de doadores já conta com 300 pessoas. As famílias inscritas para receber as doações já somam duas mil. Nesta semana, foram feitas 600 doações.

 

*OVG
A Organização das Voluntárias de Goiás também atua em várias frentes e recebe doações de alimentos, produtos de higiene pessoal, artigos de limpeza e dinheiro, para compra desses materiais. Segundo informações da OVG, foram mapeadas centenas de entidades sociais, que deverão dar o suporte necessário para a distribuição de todo o material, sem aglomeração de pessoas. O projeto é apoiado pelo sistema Fecomércio Sesc Senac.

As cestas básicas podem ser entregues na sede da OVG, na unidade do Mesa Brasil Sesc Goiás e também na AGEHAB (Agência Goiana de Habitação). Confira os endereços:

>OVG: Rua T-14, 249, Bueno – Horário: das 8h às 17h (de segunda a sexta-feira)

>Mesa Brasil: Av. Vera Cruz, quadra 45A, lt. 1 a 7, Jd. Guanabara – Horário: das 8h às 13h 

>AGEHAB (drive thru): Rua 18-A c/ Rep. do Líbano, Aeroporto (uma rua acima da Praça do Avião) – De 7 a 17/04, das 8h às 18h (de segunda a sexta-feira – exceto dia 10/04)

Para doação em dinheiro, o depósito pode ser feito para:
Banco Bradesco, agência 0244, conta corrente 45059-6
CNPJ: 02.106.664/0001-65
Razão social: Organização das Voluntárias de Goiás

Mais informações: (62) 3201-9439

 

Atualizado em 08/04/2020.

OUTRAS NOTÍCIAS

Confira retrospectiva com as principais ações do Conselho em 2023

Confira o funcionamento do CAU/GO neste final de ano

Homologação do concurso público do CAU/GO é publicada