Destaque

CAU/GO terá 12 conselheiros na próxima gestão. Eleições acontecem em outubro

Nas Eleições de 2023 do CAU, as chapas concorrentes ao pleito em Goiás deverão ser compostas por 12 candidatos ao cargo de conselheiro estadual mais os candidatos a suplentes. A deliberação sobre o tema foi divulgada pela Comissão Eleitoral Nacional (CEN), na última quinta-feira, 22.

O número é resultado da proporção de conselheiros em relação ao número de profissionais inscritos. O Estado de Goiás tem no momento 5.572 arquitetos e urbanistas ativos. A determinação está no artigo 32 da Lei 12.378/2010:

Art. 32.  O Plenário do CAU de cada Estado da Federação e do Distrito Federal é constituído de 1 (um) presidente e de conselheiros.

  • 1o Os conselheiros, e respectivos suplentes, serão eleitos na seguinte proporção:

(…)

IV – acima de 3.000 (três mil) profissionais inscritos: 9 (nove) conselheiros mais 1 (um) para cada 1.000 (mil) inscritos ou fração, descontados os 3.000 (três mil) iniciais.

Nas eleições de 2020, o número de conselheiros estaduais era 11, dado que o número de profissionais ativos registrados no Conselho à época somavam 4.793.

Instituições de ensino
Na quinta-feira, também foi divulgada a relação dos coordenadores de curso que devem votar nas eleições para conselheiro do CAU/BR representante das Instituições de Ensino Superior (IES).

A coordenadora do curso da Universidade Paulista (Unip) em Goiás, Francisca Júlia França Ferreira de Melo (atual conselheira estadual do CAU/GO); e o coordenador do curso na PUC Goiás, Frederico André Rabelo, integram a lista.

Votação
No dia 10 de outubro de 2023, os mais de 200 mil arquitetos e urbanistas brasileiros escolherão seus representantes no CAU Brasil e nos CAU/UF para a gestão 2024-2026.

OUTRAS NOTÍCIAS

Confira retrospectiva com as principais ações do Conselho em 2023

Confira o funcionamento do CAU/GO neste final de ano

Homologação do concurso público do CAU/GO é publicada