Notícias CAU/GO

Terra e Tuma: palestra sobre novas ideias e referências

Pedro Tuma, Danilo Terra e Fernanda Sakano, acompanhados pelo conselheiro Gustavo de Morais Veiga Jardim, coordenador da Comissão de Eventos do CAU/GO. Crédito: Imageria Criativa

Lançando mão de questionamentos e novas propostas para o exercício da arquitetura pelos profissionais brasileiros, Danilo Terra, Pedro Tuma e Fernanda Sakano lotaram os auditórios da UniEvangélica, em Anápolis, e das Faculdades ALFA, em Goiânia, durante a sétima edição da Aula Magna do CAU/GO. Eles são sócios do escritório paulista Terra e Tuma e autores do projeto da “casa da Dona Dalva”, vencedor de concurso mundial do portal Archdaily e estrela da campanha do CAU/BR pelo Dia do Arquiteto do ano passado. O evento reuniu 388 em Anápolis, e 544 pessoas na capital. Veja a galeria de fotos.

“Nossas referências precisam se ampliar”, afirmou Danilo. “Só temos nos relacionado com arquitetos, mas precisamos nos comunicar com a sociedade”, disse Pedro. “Não devemos ser vistos como profissionais de difícil alcance”. A arquitetura grandiosa ou espetaculosa, segundo os arquitetos, salta mais aos olhos dos próprios colegas de profissão, levados a tanto muitas vezes pela própria universidade. Porém, dizem, é a arquitetura do cotidiano e das classes populares que deve fazer parte do dia a dia dos profissionais. “A ‘dona Dalva’ deve ser parte da nossa rotina”, afirmou.

O presidente do CAU/GO, Arnaldo Mascarenhas Braga, lembrou Le Corbusier em sua fala na abertura: “sou um arquiteto de casas e palácios”, dizia o pioneiro da arquitetura moderna. “É mais ou menos isso que os arquitetos do Terra e Tuma têm dito. Espero que seu exemplo seja replicado”, afirmou. “É possível ser genial ao ser frugal”.

Trabalhos
A “casa da Dona Dalva” foi construída na Vila Matilde, bairro popular da Zona Leste de São Paulo, e consumiu todas as economias da diarista, proprietária da residência. Com telhado e paredes de concreto, tem 95 m2 e contou com um planejamento minucioso dos arquitetos para que a construção fosse célere e não ultrapassasse os limites do orçamento.

Os profissionais também trazem, em seu portfólio, projetos como a Casa Maracanã, em que deram início a sua experiência com o bloco estrutural de concreto. Além disso, seus trabalhos incluem desde um pavilhão de eventos no Parque Anhembi, até trabalhos de urbanização e de habitação de interesse social.

Para a realização da Aula Magna, o CAU/GO contou com o apoio da Imageria Criativa, que realizou o registro fotográfico do evento; e da Coreto – Móveis para Escritório, que ofereceu a ambientação para a palestra em Goiânia.

Saiba mais
Aula Magna com Terra e Tuma será nesta quarta
Galeria de fotos
Terra e Tuma

OUTRAS NOTÍCIAS

Conselho acompanha lançamento do novo sistema de análise e aprovação de projetos da Prefeitura

SOS RS: CAU/GO convida arquitetos(as) e urbanistas a se unirem em corrente de donativos

Projeto Centraliza: CAU/GO envia contribuições para a Câmara