Notícias CAU/GO

“Melhoria na habitação social constrói uma cidade melhor”, diz Fernando Assad

Fernando Assad, Eurípedes do Carmo – presidente AGEHAB e Arnaldo Mascarenhas -presidente do CAU/GO

Foi ressaltando o papel central dos arquitetos e urbanistas no desenvolvimento de projetos para as reformas do Programa Vivenda, que o administrador Fernando Assad chamou atenção para o fato de que o maior problema habitacional no Brasil diz respeito não ao déficit quantitativo. Mas ao qualitativo. “Cem milhões de pessoas no país moram em casas com alguma inadequação”, afirmou.

Em sua apresentação, Fernando Assad também falou da importância de o país estruturar o mercado de melhorias de moradias. “Não vamos resolver esse problema de metade do Brasil com voluntariado e extensão universitária”.

Fernando Assad

O Vivenda abriu suas lojas de reforma planejada em 2013, a fim de, segundo Fernando, “oferecer soluções”. “Ninguém acorda com vontade de comprar um saco de cimento”, disse. “Mas sim com vontade de reformar o banheiro”. Hoje o programa tem dois modelos para facilitar a compra por parte dos clientes: existem as famílias que pagam pelo serviço, com parcelas de longo prazo; e famílias que são subsidiadas por capital privado.

Hoje em dia, Fernando Assad divulga o trabalho do Vivenda país afora – de Goiânia, ele seguiria no dia seguinte para uma conversa com arquitetos de Belém (PA). Sua intenção é abordar as estratégias que deram certo ou errado para seu negócio, dando a oportunidade para outros empreendedores evitarem problemas já conhecidos ou optarem por opções já experimentadas.

Concurso
A palestra aconteceu no IPOG no último dia 12, por ocasião do lançamento do Concurso de Projeto de Arquitetura para Habitação Social que o CAU/GO realiza por meio de uma parceria com a AGEHAB. Os projetos serão recebidos até as 16 horas do dia 19 de fevereiro de 2020, na sede do CAU/GO. Saiba mais.

Durante a abertura, o presidente do CAU/GO, Arnaldo Mascarenhas Braga, abordou a responsabilidade da autarquia e dos arquitetos em relação ao atendimento de famílias de baixa renda. O presidente da AGEHAB, Eurípedes do Carmo, afirmou que concursos assim deveriam ser estimulados nacionalmente, a fim de beneficiar uma grande parcela da população. O evento foi transmitido ao vivo pelo Instagram do Conselho.

Confira a apresentação feita pelo palestrante.

Veja mais fotos do evento:

Fotos: André Saddi

OUTRAS NOTÍCIAS

Entrevista com George Lins

Brasília sediará a IV Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo entre 8 e 10 de novembro

Prêmio TCC 2023 está com inscrições abertas! Prazo de envio é até 10/11