Destaque

CAU/GO recebe a Quadro Arquitetos

image3 (1)
Arquitetos Larissa Ricardo e Paulo Perini, conselheiro Fernando Chapadeiro e pres. do CAU/GO Arnaldo Mascarenhas

O CAU/GO recebeu, na tarde de terça-feira (19), os arquitetos Paulo Gustavo de Araújo Perini e Larissa Ricardo do Amaral Lopes, da Quadro Arquitetos Ltda, vencedores do concurso que premiou o melhor anteprojeto de Arquitetura de Interiores, visando a adequação da sede da autarquia. O projeto final revisado havia sido entregue no dia 8 de junho, conforme previsto em contrato. São, no total, 47 pranchas de projeto executivo de arquitetura de interiores, e três pranchas de elaboração de identidade visual, feitas espontaneamente pela Quadro.

Com apenas dois anos no mercado de trabalho, a jovem equipe enxergou no concurso uma ótima oportunidade para o crescimento do escritório. Larissa conta que ela, Paulo e Robson estão juntos desde a faculdade, e que sempre visionaram a prestação de concursos. “A premiação deu à empresa maior visibilidade, tanto entre a própria comunidade de arquitetura quanto em relação aos clientes que assistimos”, afirma Paulo.

A fim de concluir o anteprojeto no prazo estipulado pelo edital, a Quadro dedicou, para a sua execução, um tempo exclusivo, tratando o projeto como se fosse um cliente convencional. “Conciliar o período dedicado ao projeto do concurso com os nossos clientes do escritório foi um desafio, visto que, inicialmente, era um tiro no escuro”, relata Larissa.

Além de driblar o tempo, Paulo explica que a premissa de aproveitamento do mobiliário existente também se pôs como desafio para a Quadro. “O programa do CAU, por ser corporativo, é simples. Porém, encaixar a atual mobília é difícil para qualquer proposta arquitetônica diferenciada”, diz. Ainda de acordo com Paulo, o orçamento reduzido foi outra dificuldade encontrada, já que a sede possui uma área extensa.

A Quadro frisou, ainda, a importância da composição da identidade visual do lugar. “A gente se concentrou, desde o início, em fazer uma comunicação visual junto com o projeto arquitetônico. Visto que o CAU é um espaço público, estes itens não podem ser dissociados”, relatam.

Fernando Chapadeiro, conselheiro do CAU e coordenador da Comissão Temporária de Estruturação da Sede (CTES), também esteve presente neste encontro. Tendo acompanhado todo processo do concurso, Fernando ressalta que a iniciativa é inédita. “Foi o primeiro edital nacional elaborado por um CAU com essa característica”, conta. O conselheiro diz, ainda, que a importância deste tipo de concurso é democratizar, posto que foi priorizado a escolha do melhor projeto. Também fazem parte da CTES o Conselheiro Marcos Arimatéa e o Professor Frederico Rabelo, convidado do CAU/GO para compor o grupo.

Paulo, Larissa e demais arquitetos da Quadro estão orgulhosos da realização do projeto, e afirmam que o resultado impulsionou o escritório. O projeto de arquitetura de interiores para a sede do Conselho é, agora, acervo importante no portfólio da empresa. “Foi uma confirmação de todo trabalho que estávamos fazendo”, enfatiza Paulo.

OUTRAS NOTÍCIAS

Conselho acompanha lançamento do novo sistema de análise e aprovação de projetos da Prefeitura

SOS RS: CAU/GO convida arquitetos(as) e urbanistas a se unirem em corrente de donativos

Projeto Centraliza: CAU/GO envia contribuições para a Câmara