Destaque

CAU deixa Codese e cobra retomada do Compur

Nesse importante momento de revisão do Plano Diretor de Goiânia, o CAU/GO vem a público comunicar sua saída do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese). A criação e evolução do Codese, bem como as várias ações que foram desenvolvidas ao longo dos últimos três anos, foram atentamente acompanhadas pelo CAU/GO, dentro de uma perspectiva crítica. Porém, considerando que o CAU é um órgão de regulação e fiscalização federal, os conselheiros chegaram ao consenso de que a participação da autarquia não caberia dentro dos princípios de isenção e independência que devem pautar as decisões da entidade.

A disposição e expectativa em colaborar com o Codese continuarão a ser incentivadas aos arquitetos e urbanistas do Estado, em prol da evolução urbana e social do nosso município.

O CAU/GO aproveita a ocasião para ressaltar seu posicionamento sobre a importância da retomada imediata da agenda do Conselho Municipal de Política Urbana (Compur), por parte da Prefeitura. Inativo desde o início da atual gestão municipal, o Compur é, afinal, a instância responsável pelo verdadeiro debate democrático a respeito do planejamento e gestão de nossa capital.

Por fim, reforçamos o posicionamento do CAU/GO sobre um dos princípios norteadores de toda e qualquer discussão e planejamento para Goiânia e demais municípios do Estado: a função social da cidade e da propriedade, previstos pela Constituição Federal, deve estar acima dos interesses mercadológicos, em benefício da população.

OUTRAS NOTÍCIAS

Confira retrospectiva com as principais ações do Conselho em 2023

Confira o funcionamento do CAU/GO neste final de ano

Homologação do concurso público do CAU/GO é publicada