Notícias CAU/GO

CAU/GO recomenda home office a profissionais e empresas de Arquitetura

Diante do vertiginoso avanço da epidemia do coronavírus em Goiás, da ocupação praticamente integral dos leitos de UTI há muitos dias seguidos e do acentuado crescimento do número de óbitos, causados pela covid-19, é fundamental que toda a sociedade se una em prol da vida. Assim, desde a última segunda-feira, dia 1° de março, o CAU/GO retomou a suspensão do trabalho presencial de todos os seus colaboradores.

Do mesmo modo, o Conselho recomenda que todos os profissionais de Arquitetura e Urbanismo do Estado, que não atuem em atividades consideradas essenciais, trabalhem de suas residências – apesar das sérias dificuldades que a medida impõe a todos os trabalhadores e a toda a sociedade.

Seus empregadores, sejam empresas de Arquitetura e Urbanismo, sejam empresas de Engenharia ou outros setores, também precisam aderir às restrições de funcionamento, de maneira que todos sejam agentes de melhoria, e não de piora, para este gravíssimo problema de saúde pública.

Desde a segunda-feira estão em vigor, em Goiânia, Aparecida de Goiânia e outros municípios da Região Metropolitana, novas regras para o funcionamento de atividades comerciais, empresariais e de prestação de serviços. Outras cidades no Estado, como Caldas Novas, Jataí e Luziânia, também publicaram novas medidas restritivas nos últimos dias.

OUTRAS NOTÍCIAS

Entrevista com George Lins

Brasília sediará a IV Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo entre 8 e 10 de novembro

Prêmio TCC 2023 está com inscrições abertas! Prazo de envio é até 10/11