Destaque

CAU/GO participa de discussões sobre Plano de Mobilidade de Goiânia

Desde o fim de 2021, o CAU/GO vem dialogando com a Seplanh sobre o Plano de Mobilidade de Goiânia, que está sendo elaborado por um Grupo de Trabalho constituído pela secretaria em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio do Laboratório de Desenvolvimento em Transportes. O objetivo é apresentar o PlanMob ainda no primeiro semestre de 2022.

No último dia 24, a assessora institucional do Conselho, Maria Ester de Souza, esteve em audiência sobre o tema realizada na sede do Crea-GO. Com o tema “A Mobilidade Urbana Sustentável e a Equidade na Cidade de Goiânia”, o evento reuniu também engenheiros, especialistas na área de trânsito e representantes da sociedade civil.

A terceira jornada será nesta quarta-feira, dia 30, no Instituto Federal de Goiás (IFG), Centro, com o tema “Mobilidade e equidade”, das 9h30 às 11h30. É possível participar tanto presencialmente (clique aqui para se inscrever), quanto virtualmente (clique aqui para acessar a reunião).
 
Também estão previstos encontros no Ministério Público e na Escola de Engenharia Civil e Ambiental (Bloco G) da UFG, nas próximas semanas.

É possível assistir aos encontros ao vivo ou posteriormente por meio do canal da Prefeitura de Goiânia no YouTube.

A jornada é uma das etapas de construção do Plano de Mobilidade de Goiânia, que está sendo elaborado em um trabalho conjunto de técnicos da Seplanh Goiânia, Secretarias Municipais de Mobilidade (SMM), de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sictec), Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) e Universidade Federal de Goiás (UFG).

Origem-destino
Para subsidiar a elaboração do Plano de Mobilidade, a Prefeitura de Goiânia está realizando a pesquisa “Por Onde Você Anda?”, com o objetivo de coletar dados a respeito da movimentação da população goianiense.

Participe da pesquisa clicando aqui.

A pesquisa é dividida em três partes. A primeira é a de identificação do indivíduo, sendo possível responder de forma anônima. Já a segunda parte procura identificar a principal forma de locomoção de uma pessoa dentro do município. Por fim, é perguntado sobre os hábitos do cidadão em relação à pandemia e sua rotina diária.

O Plano de Mobilidade de Goiânia nasce da necessidade de coletar, diagnosticar e analisar dados da atual situação da mobilidade urbana de Goiânia, envolvendo todos os modais hoje existentes relacionados ao ir e vir da população e de acesso a bens e serviços na capital. Num segundo momento será realizada a fase de prognóstico do Plano, ou seja, serão pensadas e propostas ações para promover correções e melhorias na mobilidade.

OUTRAS NOTÍCIAS

Carta aberta aos candidatos: Pacto pela sustentabilidade dos municípios e qualidade da vida urbana

Patrocínio 2024: Conselho realiza reunião online de tira-dúvidas, dia 28

Conselho acompanha lançamento do novo sistema de análise e aprovação de projetos da Prefeitura